Segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020
PESQUISAR NO SITE
12/02/2020 | 22:32 | Notícias | Diversos

Moto Clube lamenta fechamento da pista de motocross após atenderem pedido do prefeito Copatti

Os integrantes do Moto Clube Águia, de Três de Maio, emitiram uma nota de esclarecimento, lamentando a falta de diálogo e o fechamento da pista de motocross, depois que atenderam pedido do prefeito Altair Copatti, para que fizessem um CNPJ.

NOTA NA ÍNTEGRA

O Moto Clube Águia, de Três de Maio, é a entidade criada após conversa com o prefeito, para no futuro próximo cuidar e manter a pista. Foi feito CNPJ justamente para darmos continuidade no que já estávamos fazendo, mas legalmente registrado. O referido Moto Clube Águia, portanto, está inscrito no CNPJ nº 36.074.647/0001-05.

Nossa manifestação e indignação com o ocorrido, não é nada mais que uma luta digna, como cidadãos que pagam seus impostos e lutam por seus direitos de continuar praticando o esporte que escolhemos. A manifestação realizada na terça-feira foi pacífica e teve o intuito apenas de mostrar a nossa força e também a força do povo que apoia esse esporte.

O vice presidente do Moto Clube Águia, entrou em contato com o presidente da Expo Terneira, com Responsável da Funcap, com o executivo-administrativo da ACI, oferecendo-se para dar apoio no evento de motocross a ser realizado este ano e cada um deles dizia que iriam ver e nos avisariam sobre isto, deixando-nos, literalmente a “ver navios”; nenhum destes teve a hombridade de dizer que havia a possibilidade de desmanchar a pista. Na sexta-feira, dia 7, após várias tentativas, conseguiu-se conversar via telefone com o presidente da FUNCAP, que comunicou que neste ano não teria motocross e que a pista seria desmanchada, então, dia 10, as máquinas começaram os trabalhos no raiar do dia. Portanto, da nossa parte, houve a procura pelo diálogo e a busca de informações, porém, sentimos que o plano estava mantido em segredo.

Esclarecemos também, que todos, no município, sabem a quem se dirigir para dialogar sobre o motocross, mesmo que não tivesse uma entidade efetivamente formada, pois os nomes dos pilotos sempre foram amplamente divulgados e na edição anterior da Expo Terneira, foram os pilotos da casa que organizaram o evento juntamente com a Copa Cidades de Motocross. Evento este, aplaudido e elogiado pela Gestão do Parque, pela Gestão da Feira na ocasião e pelo prefeito Municipal.

Vale ressaltar que cada edição da Expo-feira e da Expo Terneira tem uma nova gestão, sendo que em cada uma delas essa gestão é procurada para dialogar sobre os possíveis eventos de motocross a serem realizados no parque. E cada um dos gestores promete mundos e fundos após o sucesso dos eventos, mas a cada mudança de gestão, as negociações começam do zero. Foi por isso que os pilotos se organizaram para a criação do CNPJ, então para que este, fosse a porta de acesso para que os eventos crescessem e recebessem cada vez mais a simpatia do público.

Os pilotos de Três de Maio, estão devidamente organizados para realizar eventos de grande porte no município, devido também a experiência que trazem de campeonatos relevantes onde participam. Não há imaturidade nenhuma, nem para o diálogo e nem para o trabalho.

Quanto a participação de crianças, vale frisar que cada uma está autorizada por suas famílias com o total cuidado, o mesmo que acontece quando as crianças vão a um jogo de futebol ou participam de rodeios, montando cavalos das famílias, com o incentivo das mesmas.

Sobre comentários e mensagens nas redes sociais, não temos nenhuma responsabilidade, sabendo que qualquer pessoa pode falar o que bem quiser e entender e que cada um se responsabilize por aquilo que diz.

Não sabemos ao certo o tamanho exato da pista, demarcando no Google Earth mostra 1,9 Hectares, mas o que  gostaríamos de saber é: O que será feito para que o motocross não morra no município de Três de Maio?

Fonte: No Ar Notícias